O utilitarismo britânico e a gênese disciplinar do sujeito liberal

Por Fábio Franco, Julio Cesar Lemes de Castro, Ronaldo Manzi, Yasmin Afshar, via Latesfip

Mill não esconde seu otimismo na civilização: “com o avanço da civilização, essa forma de concebermos a nós próprios e a vida humana é cada vez mais sentida como algo natural”. Como vemos, ele também não esconde que não se trata de algo natural, Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑