A psicanálise é cisnormativa? Palavra política, ética da fala e a questão do patológico

Por Pedro Ambra, via Periodicus

O artigo tem por objetivo discutir o estatuto dado pela psicanálise a experiências de gênero não inteligíveis, demonstrando que, ao considerar o inconsciente, a relação entre sexo e gênero mostra-se necessariamente refratária a qualquer tipo de normatividade. Continue lendo…

Anúncios

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑