Crônicas de Dom Quixote e Sancho Pança – a acumulação capitalista e o direito à propriedade em Marx

Por Alexandre Pimenta

“Todos os economistas, tão logo discutem a relação existente entre capital e trabalho assalariado, entre lucro e salário, e demonstram ao trabalhador que ele não tem nenhum direito a participar das oportunidades do lucro, enfim, desejam tranquilizá-lo sobre seu papel subordinado perante o capitalista, Continue lendo “Crônicas de Dom Quixote e Sancho Pança – a acumulação capitalista e o direito à propriedade em Marx”

Anúncios

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑