“A extrema direita está conseguindo novamente apelar aos símbolos identitários mais primitivos”

Por Jacques Ranciére e Federico Galende, via Verso Books, traduzido por Aukai Leisner

Alguns dias atrás, Jacques Ranciére (75) estava no Chile, a convite do reitor da Universidade de Valparaíso, que lhe concedeu um Doutorado Honoris Causa. Na tarde em que ele iria embora, visitei-o em seu hotel em nome do TheClinic e tivemos uma longa conversa, sem orientação definida, o que permitiu ao filósofo falar sobre um grande número de questões Continue lendo ““A extrema direita está conseguindo novamente apelar aos símbolos identitários mais primitivos””

Anúncios

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑