Sofrimento, verdade e políticas identitárias

Por Pedro Ambra e Clarice Paulon

Como sair das colonizações imaginárias e reais que se impõe diante da nossa realidade? Dedicando uma análise à complexa relação subjetiva das pessoas diante das construções do tecido social em tempos de embrutecimento, racismo e sexismo, os psicanalistas Clarice Paulon e Pedro Ambra (ambos membros do Latesfip-USP), delineiam os contornos críticos em nome da transformação.   Continue lendo “Sofrimento, verdade e políticas identitárias”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑