Franz Fanon e Fela Kuti

Por Eduardo Bonzatto*

Fanon foi um dos criadores da ideia de terceiro mundo e isso já seria suficiente para autenticar seu vínculo civilizador, uma vez que supõe uma luta para chegar ao primeiro. Sua crítica da descolonização, que desumaniza o colonizado para torná-lo um animal, foi igualmente limitada por sua formação. Queria uma nação heterogênea na formação das novas nações independentes. Mas não abria mão da civilização nem da nação, que são as características permanentes da colonização. Esse paradoxo é impossível de ser superado pela mentalidade colonial, pois o valor civilizatório é indiscutível e nele o valor da educação, da ciência, da família.

Continue lendo “Franz Fanon e Fela Kuti”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑