Etiqueta: Capitalismo

Dialética da Natureza de Engels no Antropoceno

Por John Bellamy Foster, via Monthly Review, traduzido por Catarina Duleba Como Paul Blackledge afirmou em um estudo recente sobre o pensamento de Engels, “a concepção de Engels de uma dialética da natureza abre um lugar através do qual as crises ecológicas” podem ser entendidas como enraizadas na “natureza alienada das relações sociais capitalistas”. É

Leia mais »

Hegemonia, Força e Poder de Estado

Por Bob Jessop de “The Capitalist State: Marxist Theories and Methods”, traduzido por Pedro Felipe Narciso. No entanto, embora a estatura teórica e política de Gramsci não estejam em dúvida, há muitas divergências quanto ao significado exato de seus conceitos e de suas inter-relações. Isto é especialmente verdade para os cadernos do cárcere. Pois a

Leia mais »

“SURVIVAL PENDING REVOLUTION”: Crise Brasileira e a Questão da Organização

Por Felix Maximiliano da Silva. A organização ideal para os tempos que virão funcionaria meio como uma sanfona: abre e fecha, distende e comprime conforme a conjuntura. Tal organização tem militantes versáteis e disciplinados(as) o bastante para operarem sob fogo em qualquer uma das duas formações organizativas, passando de uma para a outra com tranquilidade

Leia mais »

Guerra Híbrida: Sintoma do Realismo Capitalista

Por Antonio Augusto Galvão de França A tipificação da guerra contemporânea é usualmente feita conforme marcos temporais, estabelecidos a partir das técnicas e táticas preponderantes em determinados períodos, variando da primeira à quarta geração. De acordo com esses parâmetros, as guerras de primeira geração foram aquelas em que se empregavam armas pessoais e de artilharia

Leia mais »

Lembre-se de quem é o inimigo

Por Mark Fisher, via k-punk, traduzido por Reginaldo Gomes e Maria Victória Limoeiro  Este texto foi originalmente publicado no blog k-punk em 25 de novembro de 2013

Leia mais »

O inimigo sempre foi Outro

Por Thales Fonseca A motivação de fundo deste ensaio surgiu com o anúncio de publicação do novo livro de Paulo Arantes, que versará sobre uma dita “ideologia francesa”. Logo da notícia, meu primeiro ímpeto foi de procurar os rastros da ansiada obra, antes mesmo de sua publicação. Encontrei algum[1]. Em todo caso, longe de mim

Leia mais »

Tecnologia, ideologia e mundo do trabalho

Por Cinthya Bastos Ferreira “Os algoritmos são produto de uma realidade social classista e dela não podem ser apartados. Isso implica dizer que estes nada mais são do que programas postos a serviço das corporações globais e capazes de processar um grande volume de dados que garantem condições renovadas de exploração da força de trabalho.

Leia mais »