O Destino Histórico da Doutrina de Karl Marx

Por Vladímir Ilitch Uliánov “Lênin”, via marxists.org, traduzido por Matheus Saez

O principal aspecto da doutrina de Marx é que ela traz à superfície o papel histórico do proletariado como construtor da sociedade socialista. O curso dos eventos mundiais confirmaram essa doutrina, desde que foi exposta por Marx? Continue lendo “O Destino Histórico da Doutrina de Karl Marx”

A Palavra de Ordem do “Desarmamento”

Por Vladímir Ilitch Uliánov “Lênin”, via marxists.org, traduzido por Matheus Saez e Gabriel Landi Fazzio

Em certos países, principalmente nos pequenos e não envolvidos na presente guerra [I Guerra Mundial – NT] — Suécia, Noruega, Holanda e Suíça, por exemplo — temos ouvido vozes a favor da substituição da antiga demanda do programa mínimo por uma “milícia”, ou da “nação armada”, por uma nova demanda: “desarmamento”. Continue lendo “A Palavra de Ordem do “Desarmamento””

Com Lênin contra Hegel? ‘Materialismo e Empirocriticismo’ e as mutações do marxismo ocidental

Por Alberto Toscano, via Historical Materialism, traduzido por João Victor Oliveira

Neste artigo, Alberto Toscano considera três textos que nos permitem explorar o lugar que uma recuperação e reinterpretação do ‘Materialismo e Empirocriticismo’ de Lênin ocupou na definição da agenda da filosofia marxista européia após a crise de 1956. Continue lendo “Com Lênin contra Hegel? ‘Materialismo e Empirocriticismo’ e as mutações do marxismo ocidental”

Sobre escalar uma grande montanha e o perigo do desânimo

Por Vladímir Ilich Uliánov, via marxists.org, traduzido por João Victor Oliveira e Gabriel Landi Fazzio

Publicado no Pravda, em fevereiro de 1922, sob o título “Notas de um Publicista: Sobre escalar uma grande montanha; O perigo do desânimo; A utilidade do comércio; Atitudes em direção ao Menchevismo, etc.” [1] Este artigo é reiteradamente citado por Slavoj Žižek, relembrando as palavras de Samuel Becket: “Tente mais uma vez. Fracasse mais uma vez. Fracasse melhor.” (vide o artigo: “A situação é catastrófica, mas não é grave”). Continue lendo “Sobre escalar uma grande montanha e o perigo do desânimo”

A Situação da Itália e as Tarefas do Partido Comunista Italiano (PCI): Teses de Lyon

Por Antonio Gramsci, traduzido por Dossiê Gramsci¹. Via Revista de Ciências Sociais

“Trata-se de um texto que contém as teses escritas por Gramsci com a colaboração de Palmiro Togliatti. Elas foram apresentadas por ocasião do III Congresso Nacional do Partido Comunista Italiano (PC I), de 23 a 26 de janeiro de 1926, em Lyon. O grupo politico liderado por Gramsci obteve pouco mais de 90% dos votos, enquanto que a ultra-esquerda liderada por Amadeo Bordiga, cerca de 9%. As Teses de Lyon configuram a tentativa de dotar o PCI de uma linha e de um programa baseado em dois eixos articuladores: análise da realidade italiana; ecompreensão histórica dos objetivos politlcos do proletariado revolucionário.”

Continue lendo “A Situação da Itália e as Tarefas do Partido Comunista Italiano (PCI): Teses de Lyon”

O “Que” de “Que fazer”

Por Louis Althusser, via Cem Flores

“Como o próprio título indica, nessa ocasião, o autor buscou ratificar a relevância teórica e política da “velha pergunta de Lênin” para a classe operária em sua luta, tanto em sua dimensão mais imediata, tática, quanto em sua dimensão de longo prazo, estratégica. Tal pergunta, que surge no fogo da ação, da participação direta na luta de classes de um período, nos leva diretamente ao que o revolucionário russo chamou de “alma viva” do marxismo: a análise concreta da situação concreta.”

Continue lendo “O “Que” de “Que fazer””

A luta pelo posicionamento leninista sobre a Questão Negra nos EUA

Por Harry Haywood, via marxists.org, traduzido por Bruno Santana

Este artigo de Harry Haywood, publicado originalmente em uma matéria de setembro de 1933 da revista O Comunista, faz parte da obra Uma História Documental do Povo Negro nos Estados Unidos da América, organizado por Herbert Aptheker. De acordo com o editor, o artigo original “está publicado abaixo, em parte, com a argumentação central inalterada.” Continue lendo “A luta pelo posicionamento leninista sobre a Questão Negra nos EUA”

Mais do que palavras: formulando palavras de ordem para a luta

Por Derek Ford, via Liberation School, traduzido por Igor Galvão

As palavras de ordem desempenham um papel fundamental em todas as atividades políticas, sejam manifestações locais, piquetes, greves ou movimentos de massa. Embora o fato de que palavras de ordem sejam curtas possa parecer de menor importância ou uma mera questão de semântica, o fato é que as palavras de ordem podem ser fatores decisivos nas lutas políticas individuais e mais prolongadas, por movimentos de reforma e revolução. Continue lendo “Mais do que palavras: formulando palavras de ordem para a luta”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑