Categoria: Crítica

A crise do desenvolvimentismo

Por Ruy Mauro Marini, traduzido por Pedro Araújo Até meados deste século, a teoria social produzida na América Latina era pensada, com raras exceções, a partir da consideração de questões nacionais. Só se pode falar realmente do surgimento de uma corrente estruturada e, em muitos aspectos, original de pensamento sobre a região como tal a

Leia mais »

A servidão voluntária

Por Nora Merlin em Contribuições Psicanalíticas a uma Política dos Afetos traduzido por Cian Barbosa.  Segue o capítulo traduzido de Nora Merlin que integra a obra Contribuições Psicanalíticas a uma Política dos Afetos que será lançada neste sábado pela Editora LavraPalavra. A obra também conta com contribuições de Daniel Coelho, Daniel Omar Perez, David Pavón-Cuellar

Leia mais »

Artigos para a Gazeta Operária: Nossa Tarefa Imediata

Por Vladímir Ilitch Uliánov Lênin, via marxists.org, traduzido por Gustavo Fernandes Escritos na segunda metade de 1899, estes artigos permaneceriam inéditos até 1925. Foram escritos por Lênin no exílio para publicação na Rabochaia Gazete (Gazeta Operária), que havia sido adotada como órgão oficial do Partido Operário Social-Democrata Russo após seu Primeiro Congresso. Contudo, o fechamento

Leia mais »

O que é trabalho abstrato e quem faz essa abstração?

Por Ian Wright, traduzido por Rodrigo Gonsalves “Agora, deve-se admitir que o argumento de Marx – para a proposição de que a propriedade comum especial compartilhada por todas as mercadorias é o trabalho – é insatisfatório. Mas adentrar totalmente nos porquês e nos motivos do argumento de Marx iria, eu acho, nos distrair. Portanto, vou

Leia mais »

Dualismo ético-moral e miséria teórica: resposta ao artigo do El País

Por Jones Manoel Em um debate teórico-político, quando se insinua simpatias não declaradas e objetivos ocultos ao interlocutor ou adversário, é importante aceitar com tranquilidade o mesmo pensamento de volta. Aliado a isso, todo escrito que se propõe a ser uma baliza moral precisa usar a moral e ética defendida para si próprio. Essa introdução

Leia mais »

Os (des) Limites do Futuro.

Por Eitor Ramiro “A maioria das distopias aponta para um aprofundamento do capitalismo, e uma quase destruição da humanidade. O que é sintomático, afinal é mais fácil pensar no fim do mundo do que no fim da sociedade burguesa. Ou seja, é construído um aspecto de eternidade a um sistema, que assim como os outros,

Leia mais »

Dialética da natureza

Por Friedrich Engels, via Boitempo Editorial, traduzido por Nélio Schneider Excerto das páginas 54-58 fraternalmente enviado pela editora.

Leia mais »