Categoria: Crítica

Sobre a prática – um diálogo com Althusser e Mao Tsé Tung

Por Ana Botner. Esse texto é uma proposta de estudo, pensada em diálogo com uma leitura de Althusser, em que a discussão em pauta é pensar qual o tema central, a ser desenvolvido, para obtermos um avanço substantivo na teoria marxista. Tomo esse texto emprestado para começar, ou recomeçar, uma conversa sobre os objetos centrais

Leia mais »

A literatura da colônia e o colonialismo supérstite

Por José Carlos Mariátegui, via Siete ensayos de interpretación de la realidad peruana*, traduzido por Mikael Abrão-Bombassaro Mariátegui investiga a literatura peruana pela raiz, desenvolvendo uma crítica ao impacto da colonização espanhola na cultura do Peru. Tomando através da história um viés crítico explícito e pungente, marxista por excelência, e indagando sobre as mais diversas

Leia mais »

“Não só Astarita, mas também M. Roberts, A. Shaik ou M. Husson têm sido críticos das propostas da MMT”

Por Salvador López Arnal entrevistando Alfredo Apilánez[1] sobre a Teoria Monetária Moderna, TMM (em inglês, MMT) (III parte), traduzido por Aline Recalcatti de Andrade, via Alainet.   Paramos por aqui. Faltava a parte prescritiva da tua exposição. A parte prescritiva da política econômica se deduz diretamente de tais princípios. A MMT oferece uma revolução fiscal

Leia mais »

O Freudismo e os “Freudo-marxistas”

Por A. Stoliarov, via marxists.org, traduzido por Bruno Bianchi O comunismo deve enfim compreender que não se pode racionalizar tudo de toda a vida do homem […] Somente o freudismo, colocando na base do processo histórico o homem considerado como uma força criadora, pode afastar este perigo. Ele salvará a cultura ao não se ajoelhar

Leia mais »

Althusser: manual de instruções

Por Panagiotis Sotiris, traduzido por Reginaldo Gomes A obra de Althusser não sofreu por ter caído no esquecimento ou por ter sido ignorada: ao contrário, ela sofreu por ser um pensamento “bem conhecido”. Ou como disse Hegel, “o que é bem conhecido em geral, justamente por ser bem conhecido, não é conhecido.” Todos pensam ter

Leia mais »

O “irrealismo” capitalista de Mark Fisher

Por André Márcio Neves Soares, mestre e doutorando em Políticas Sociais e Cidadania pela Universidade Católica do Salvador – UCSAL, e integrante do Núcleo de Estudos sobre Educação e Direitos Humanos (NEDH).  O escritor Mark Fisher nos deixou prematuramente. Seu primeiro livro, do qual retirei o trocadilho para o título deste texto, é um raio de

Leia mais »

Sobre a interpretação da mecânica quântica, por Vladimir A. Fock

Por Vladimir A. Fock, tradução comentada por Por Yuri Gomes  Aproveitando o aniversário de 65 anos da publicação do seminal artigo do físico soviético Vladimir A. Fock intitulado “Sobre a Interpretação da Mecânica Quântica” trazemos no presente artigo a primeira tradução em português comentada. Como poderá ser constatado pelo leitor, Fock tinha uma visão única

Leia mais »

Lukács: tempo e modo

Por José Paulo Netto[1] O valor da obra de Lukács radica, assim, no fato de haver recolhido, no confronto com a modernidade, o nódulo dos problemas contemporâneos, enlaçando-os com sua gênese e perspectivando-os como específicos de uma etapa crucial em que a humanidade aposta o seu destino. “A verdade é o todo. Mas o todo

Leia mais »