Categoria: Crítica

O Homem dos Terremotos: Karl Marx

 Por John Swinton. Traduzido por Rodrigo Maiolini Rebello Pinho. “Ele falou das forças políticas e dos movimentos populares dos vários países da Europa – a vasta torrente do espírito da Rússia, os movimentos da mente alemã, a ação da França, a imobilidade da Inglaterra. Falou esperançosamente da Rússia, filosoficamente da Alemanha, animadamente da França e

Leia mais »

O Estado Ecológico

Por Erald Kolasi, via Monthly Review, traduzido por Lívia Maria Vieira “A nacionalização das riquezas naturais terá potencialmente mais sucesso se puder expandir no centro do sistema econômico global, particularmente nos Estados Unidos. Independentemente de onde isso ocorrer, temos que moldar seu impacto na sociedade através de um prisma ecológico. Precisamos entender como o exercício

Leia mais »

Lembre-se de quem é o inimigo

Por Mark Fisher, via k-punk, traduzido por Reginaldo Gomes e Maria Victória Limoeiro  Este texto foi originalmente publicado no blog k-punk em 25 de novembro de 2013

Leia mais »

O inimigo sempre foi Outro

Por Thales Fonseca A motivação de fundo deste ensaio surgiu com o anúncio de publicação do novo livro de Paulo Arantes, que versará sobre uma dita “ideologia francesa”. Logo da notícia, meu primeiro ímpeto foi de procurar os rastros da ansiada obra, antes mesmo de sua publicação. Encontrei algum[1]. Em todo caso, longe de mim

Leia mais »

A Luta pela Frente Única na Alemanha, 1920-23

Por August Thalheimer, no ano de 1932, publicado em Revolutionary History (História Revolucionária), vol. 5 No. 2, primavera de 1994, pp. 74–91., via marxists.org, traduzido por Catarina Duleba O artigo abaixo foi extraído de “Wie schafft die Arbeiterklasse die Einheitsfront gegen den Faschismus?” (Como a classe trabalhadora cria a Frente Única contra o Fascismo?) de

Leia mais »

Mind the gap: Ciência, Religião e os novos enfrentamentos

Por José Manuel de Sacadura Rocha Com relação aos tempos sombrios a pergunta que não quer calar, e que sempre nos assalta nos períodos mais tenebrosos e insanos da humanidade, pelo menos há 300 anos, é se afinal pode ser afirmado que a Razão possui propriedades ontológicas quanto à objetividade lógica capaz de instruir o pensamento

Leia mais »

Tributação e reforma tributária: notas iniciais para uma crítica

Por Felipe Duarte O rompimento com a institucionalidade e o direito é medida que se impõe a todos os que buscam um horizonte emancipatório. A forma política estatal e a forma jurídica são engrenagens necessárias ao modo de produção capitalista, constituindo, a partir da derivação da forma valor, uma unidade relacional de mútua implicação (MASCARO,

Leia mais »