A crise do marxismo

Via Crisis and Critique, traduzido por Daniel Alves Teixeira.

“Estou muito satisfeito por estar aqui em Roma. Você deve saber que, para nós, os franceses, a cidade de Roma, bem como toda a Itália, são lugares onde se depara com personagens quase milagrosos. Continue lendo “A crise do marxismo”

Anúncios

Alain Badiou: O Estado

Por Andrew Robinson, via Ceasefire, traduzido por Daniel Fabre

Neste exame do trabalho de Alain Badiou, Andrew Robinson explora um importante aspecto da ontologia do autor, central para seus escritos políticos: o Estado, Robinson explica porque o conceito de estado de Badiou é tanto político quanto ontológico, Continue lendo…

A ideologia do contrato de trabalho

Entrevista a Gustavo Seferian, por Gabriel Landi Fazzio.

Militante e advogado trabalhista, Gustavo Seferian desenvolve em seus estudos uma reflexão marxista sobre o direito do trabalho – e uma crítica ideológica das ofensivas neoliberais contra o mesmo. Entrevistado, o pesquisador debate o avanço das formas de terceirização, o mito da “inspiração fascista” da CLT e a posição da classe trabalhadora frente ao direito do trabalho, nos tempos atuais.

Continue lendo…

Capital sem Capitalismo (Parte II)

Por Sandino Nuñez, traduzido por Daniel Fabre.

Sandino Andres Nuñez é um importante filósofo e escritor latino-americano, pouco conhecido no Brasil. Especializado em epistemologia e filosofia da ciência pela Universidad de la Republica, o autor investiga a possibilidade de crítica da cultura contemporânea, identificando nela o caráter a-simbólico do capitalismo tardio. Busca ainda revitalizar a teoria do sujeito e a psicanálise, colocando a subjetividade como uma ferramenta da socialização política.

Continue lendo…

Capital sem Capitalismo (parte I)

Por Sandino Nuñez, traduzido por Daniel Fabre.

Sandino Andres Nuñes é um importante filosofo e escritor latino-americano, pouco conhecido no Brasil. Especializado em epistemologia e filosofia da ciência pela Universidad de la Republica, o autor investiga a possibilidade de crítica da cultura contemporânea, identificando nela o caráter a-simbólico do capitalismo tardio. Busca ainda revitalizar a teoria do sujeito e a psicanálise, colocando a subjetividade como uma ferramenta da socialização política.

Continue lendo…

Étienne Balibar: “Um período de intenso debate acerca da filosofia marxista”

Por Jérôme Skalski, via Humanité, traduzido por Daniel Alves Teixeira.

Em entrevista ao Humanité, Étienne Balibar aborda o pensamento de Louis Althusser relatando a efervescência do mundo intelectual e político francês dos anos 60 e 70, onde um marxismo revigorado permeava os debates partidários e acadêmicos. Autor do estudo “Sobre os conceitos fundamentais do materialismo histórico” publicado no renomado Ler o Capital em 1965, o filósofo afirma ainda a necessidade de uma crítica do capitalismo que esteja a altura das exigências do presente.

Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑