Perante a morte de Ernesto “Che” Guevara

Por Louis Alhusser, via PCB, traduzido por Igor S. Livramento e revisado por Matheus Cornely.[1]

Segue reprodução de carta escrita pelo filósofo Louis Althusser ao dirigente comunista cubano e diretor da revista Casa de las Américas, Roberto Fernandez Retamar, enviada poucos dias após a morte de Che Guevara, na Bolívia, em 09 de outubro de 1967. Nela, Althusser deixa claro que sem movimento de massas populares, não há revolução. Continue lendo “Perante a morte de Ernesto “Che” Guevara”

Anúncios

Organizar para avançar

Por Flávia Benetti Castro e Gabriel Landi Fazzio

“Instruí-vos porque teremos necessidade de toda vossa inteligência. Agitai-vos porque teremos necessidade de todo vosso entusiasmo. Organizai-vos porque teremos necessidade de toda vossa força.” Continue lendo…

Sobre um projeto de psicanálise popular, ou: convém ser comunista para escutar o sofrimento social?

Por Gabriel Tupinambá, texto apresentado no LATESFIP em 07 de Outubro de 2016.

A minha apresentação hoje vai ser um pouco como aquelas cenas de filme em que a câmera começa a afastar e a rua vai ficando pequena, e vai aparecendo o país, depois o planeta e o sistema solar. Como nessas cenas, tem um truque nesse plano contínuo que eu vou propor, uma hora que a gente passa da filmagem efetiva de uma ruela qualquer para a computação gráfica do planeta, depois das galáxias e tal. Continue lendo “Sobre um projeto de psicanálise popular, ou: convém ser comunista para escutar o sofrimento social?”

O fim da organização

Por CEII – Círculo de Estudos da Ideia e da Ideologia

Este é um dos textos apresentados durante o colóquio “Psicanálise e Hipótese Comunista”, realizado pelo CEII – Círculo de Estudo da Ideia e da Ideologia em parceria com o Laboratório de Psicanálise e Sociedade, ocorrido em 13 de Maio Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑