Categoria: Conjuntura

O que torna a Escandinávia diferente?

por Rune Møller Stahl e Andreas Møller Mulvad, via Jacobin Magazine, traduzido por Gabriel Landi Fazzio. Na foto, comício de massas em Oslo antes das eleições gerais de 1936. Partido Trabalhista Norueguês / Flickr O que explica o forte estado de bem-estar social dos países nórdicos? Dica: não é sua homogeneidade branca. 

Leia mais »

Relato de seis dias na Grécia

Por Frederico Lyra de Carvalho, musicólogo com mestrado na Paris-Sorbonne e membro do CEII. O texto que segue é um relato de uma semana (15-20 de julho 2015) em Atenas. Fui participar de um congresso que tinha por objetivo principal discutir uma possível “ascensão da democracia”, mas que pelo andar da carruagem e das circunstâncias históricas

Leia mais »

Que impacto a revolução digital tem no trabalho e na desigualdade?

Por Michael A. Osborne, via Social Europe, traduzido por Daniel Fabre. O que segue é uma transcrição de um ‘podcast’ da Social Europe no qual o Editor-chefe do portal, Henning Meyer discute os impactos da revolução digital na natureza do trabalho e na desigualdade com Michael A. Osborne, professor associado em aprendizagem automática[1] e Codiretor do

Leia mais »

Subjetividade, neoliberalismo e organização política : Desafios Revolucionários do Século XXI

Por Silas Ramos, graduando em Direito pela Universidade de São Paulo e militante da União da Juventude Comunista. Introdução: O capitalismo, com o final da segunda guerra mundial adentra em uma nova etapa de seu desenvolvimento, o neoliberalismo, que é posto em prática sobretudo entras as décadas de 1970 e 1980. Paralelamente, as experiências de socialismo

Leia mais »

“Falta um presente – a menos que a multidão se declare”: Alain Badiou sobre Ucrânia, Egito e finitude

Por Alain Badiou, traduzido por Diogo Fagundes, via o seminário “Imanência das Verdades (2013-14)” do filósofo francês. Trata-se da sessão do dia 12 de março de 2014. Direi mais uma vez que acho que a figura fundamental da opressão contemporânea é a finitude. O eixo estratégico deste seminário é fornecer os meios para uma crítica

Leia mais »

O renascimento do capital e a virada à esquerda do trabalhador intelectual

Via QiaoCollective, traduzido por Lauro Abelha. Publicado originalmente de forma anônima nas páginas Zuoyi23 no WeChat e no Zhizu [site chinês de perguntas e respostas gerido pela comunidade de usuários], o artigo a seguir explora a ascensão e queda da classe capitalista na China. Através de uma lente afiada e dialética, o autor lança um

Leia mais »