Categoria: Conjuntura

O trotskismo como movimento oportunista

Por KKE – Partido Comunista Grego, via Politsturm traduzido por Marcelo Bamonte Seoane e Otávio Losada Apresentamos a vocês a tradução de um artigo de Kyrillos Papastavrou, chefe do departamento ideológico do Comitê Central do Partido Comunista da Grécia. O artigo foi publicado na revista teórica do PC Grego “Communist Epiteorisi” (Revista Comunista) no 1.º

Leia mais »

Nelson Werneck Sodré e a gênese sócio-histórica da Revolução Brasileira

Por Vinícius Okada M. M. D’Amico* “Diante disso, é uma absurdidade sem tamanho reduzir um intelectual como Nelson Werneck Sodré, com mais de 50 livros e 3 mil artigos publicados, pesquisador incansável da realidade econômica, política, social e cultural brasileira, a uma mera querela anacrônica sobre o “feudalismo” na América Latina.

Leia mais »

Guerra Híbrida: Sintoma do Realismo Capitalista

Por Antonio Augusto Galvão de França A tipificação da guerra contemporânea é usualmente feita conforme marcos temporais, estabelecidos a partir das técnicas e táticas preponderantes em determinados períodos, variando da primeira à quarta geração. De acordo com esses parâmetros, as guerras de primeira geração foram aquelas em que se empregavam armas pessoais e de artilharia

Leia mais »

Se navegares nas redes, camarada

Por Partido Comunista Português (PCP), transcrito por Primitivo “As redes são mais um palco da luta de classes e, como tal, os comunistas não podem deixar de ali intervir. Tendo naturalmente em conta que é no contato direto, na rua e nos locais de trabalho que a nossa prioridade de intervenção reside, que é aí

Leia mais »

As Mídias Sociais

Por J.P. Guarnieri* Me parece claro que não podemos simplesmente delegar às empresas de mídias sociais a tarefa de regulá-las, elas já demonstraram serem não  apenas incapazes, mas desinteressadas em fazê-lo. Mas não basta discutirmos a  discussão de mecanismos de regulação.

Leia mais »

Dois anos de desgoverno – o ano em que teremos pesadelos

Por André Márcio Neves Soares* A afirmação acima não é uma sentença definitiva. O dito popular é sábio quando diz que “a vida é vivida”. Qualquer conclusão agora é mero chute para o que virá nas eleições majoritárias em 2022. Porém, na história existe tendências, ainda que nem todas sejam confirmadas, e, a longo prazo,

Leia mais »

Guerra por outros meios

Por Michael Hardt, via Left Review, traduzido por Julio Tude d´Avila “A lógica do protesto pressupõe o contexto da mediação política: uma situação na qual estruturas sociais e governamentais em diversos níveis potencialmente responderão com reformas. Por exemplo, a demanda para diminuição do financiamento da polícia, como é geralmente manifestada, só faz sentido em um

Leia mais »