Chico Buarque e a nossa geração

Por Urariano Mota

Chico Buarque vai para 75 anos. Que tempos difíceis ele viveu e vivemos! O quanto ele soube se portar com dignidade humana, artística e política, em meio à desesperança da ditadura. E venceu, e tem vencido, em uma dimensão maior que a do Prêmio Camões, que por justiça e unanimidade vem para ele e para todos nós.

Continue lendo “Chico Buarque e a nossa geração”

Hegemonia 2.0

Por Lewis Bassett, via Verso Books, traduzido por Gabriel Landi Fazzio

Os eventos recentes provam conclusivamente que as mídias sociais não são comunidades globais neutras como muitas vezes são consideradas – como, por exemplo, no caso do recente expurgo de perfis no Facebook, censurando as vozes críticas à política externa dos EUA. Neste artigo, Lewis Bassett argumenta que estamos começando a testemunhar a emergência de um capitalismo monopolista tecnológico, apoiador do imperialismo dos EUA. Como, diante disso, podemos construir uma nova mídia de esquerda? Continue lendo “Hegemonia 2.0”

Os Três Argumentos Teóricos de Lênin Sobre a Ditadura do Proletariado

Por Étienne Balibar, via Verso Books, traduzido por Aukai Leisner.

Em 1976, o Partido Comunista Francês abandonou formalmente a ditadura do proletariado como fase estratégica na transição para o comunismo na Europa ocidental. “Nada nem ninguém, nem mesmo o Congresso de um Partido Comunista, pode abolir a ditadura do proletariado.   Continue lendo “Os Três Argumentos Teóricos de Lênin Sobre a Ditadura do Proletariado”

Florestan Fernandes: “Marighella atravessou as contradições do partido que deveria ter enfrentado a ditadura revolucionariamente”

Por Florestan Fernandes, publicado na Folha de São Paulo, em 12 de novembro de 1984. Outra sugestão é o texto de José Rosa, ex-militante da ALN, sobre o revolucionário baiano.

O 4 de novembro de 1969 incorporou-se à história graças a um feito policial-militar que culminou na morte de Carlos Marighella. Faz portanto, quinze anos que morreu o principal líder da Ação Libertadora Nacional (ALN), figura política que se tornara conhecida como militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB), seu dirigente de cúpula e também seu deputado no Congresso que elaborou a Constituição de 1946. Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑