“Pode ser que um certo nível de violência seja inevitável.”

Entrevista por Han Renard, via Le vif, traduzida por Daniel Alves Teixeira

Vestido em calças de trabalho verde e uma jaqueta de lã, Alain Badiou, em seu modesto apartamento no centro de Paris, mais parece um homem aposentado do que o homem considerado um dos maiores pensadores de nosso tempo. A ostentação cara aos intelectuais franceses é totalmente estranha para ele. 

Continue lendo ““Pode ser que um certo nível de violência seja inevitável.””

Anúncios

Corrompendo a juventude

Tradução do francês por David Broder, via Verso, traduzido por Aukai Leisner

Aos 79 anos de idade, o filósofo Alain Badiou investiga a juventude: a juventude que o liberalismo deixou sem bússola, a juventude tentada pelo Daesh e também sua própria juventude, marcada pelo comunismo, ao qual ele permanece fiel. Entrevista realizada por Juliette Cerf, para o jornal Télérama.  Continue lendo “Corrompendo a juventude”

No olho do furacão: a juventude brasileira diante da crise

Por Alexandre Pimenta

A crise brasileira tem concretizado uma verdadeira ofensiva das classes dominantes, em todas as frentes, para ampliação e aprofundamento da exploração e controle das massas trabalhadoras. Ora, uma “saída” da crise passa, necessariamente, pela retomada das condições de acumulação do capital, que exigem a reprodução das relações de produção capitalista em outro patamar e sob outras coordenadas político-ideológicas, ainda em germinação.

Continue lendo “No olho do furacão: a juventude brasileira diante da crise”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑