“A extrema direita está conseguindo novamente apelar aos símbolos identitários mais primitivos”

Por Jacques Ranciére e Federico Galende, via Verso Books, traduzido por Aukai Leisner

Alguns dias atrás, Jacques Ranciére (75) estava no Chile, a convite do reitor da Universidade de Valparaíso, que lhe concedeu um Doutorado Honoris Causa. Na tarde em que ele iria embora, visitei-o em seu hotel em nome do TheClinic e tivemos uma longa conversa, sem orientação definida, o que permitiu ao filósofo falar sobre um grande número de questões Continue lendo ““A extrema direita está conseguindo novamente apelar aos símbolos identitários mais primitivos””

Anúncios

Problemas com identidades

Por Slavoj Žižek, via Philosophical Salon, traduzido por Márcio Tarouco

Todos que estão preocupados com o novo populismo anti-imigrantes deveriam fazer o esforço de assistir a Europa – The Last Battle (Tobias Brett, Suécia, 2017), um documentário de 10 episódios que apresenta in extenso a versão neonazista do último século de história europeia. Continue lendo “Problemas com identidades”

Política à sombra de titãs: o caso dos candidatos inseguros e sem personalidade

Por Marconi Severo, texto publicado originalmente via Pragmatismo Político e encaminhado pelo autor para publicação neste blog.

A forma como alguns candidatos político-partidários fazem sua campanha e tentam conquistar o apoio do eleitorado é a mais diversa possível. Ela abrange todos os níveis e contextos: do caráter sério e responsável, passando pela comédia e histeria, até o nível abjeto e finório, que visa aproveitar tanto a beleza física como a fama esportiva (mesmo que os candidatos sequer saibam que concorrem a cargos políticos que podem mudar a vida de muitos brasileiros).  Continue lendo “Política à sombra de titãs: o caso dos candidatos inseguros e sem personalidade”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑