Notas Críticas à compreensão de Lênin sobre o Estado: revisitando “O Estado e a Revolução”

Por Paulo Henrique Furtado de Araujo

O artigo sustenta que a ausência da compreensão do capital enquanto forma específica de riqueza, de intermediação social, de dominação abstrata e forma autoestruturante da sociedade humana, limita a compreensão de Lênin sobre o Estado moderno e condiciona o tipo de solução emancipatória humana que ele teoriza e implementa.  Continue lendo “Notas Críticas à compreensão de Lênin sobre o Estado: revisitando “O Estado e a Revolução””

Anúncios

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑