Alienação e Proletariado: da perda à subjetividade, uma leitura do poema “Quando e por que nascemos” de Mauro Iasi.

Por Daniel Alves Teixeira, membro do Círculo de Estudos da Ideia e da Ideologia.

Recentemente, em um evento organizado pelo PCB de São Paulo, tive a oportunidade de conhecer um poema de autoria de Mauro Iasi, lido por uma das camaradas presentes no encontro. Ouvindo o poema me Continue lendo “Alienação e Proletariado: da perda à subjetividade, uma leitura do poema “Quando e por que nascemos” de Mauro Iasi.”

Anúncios

O sexual é político

Por Slavoj Žižek, via The Philosophical Salon, traduzido por Germano Nogueira Prado, membro do Círculo de Estudos da Ideia e da Ideologia

As portas de banheiro segregadas estão hoje no centro de uma grande luta legal e ideológica. Em 29 de março de 2016, um grupo de 80 executivos com negócios estabelecidos predominantemente no Vale do Silício, encabeçados pelo CEO do Facebook Continue lendo…

Sobre Mestres e Revoltas

Por Daniel Alves Teixeira

“É o que vocês aspiram como revolucionários, a um mestre. Vocês o terão.”[1] Foram essas palavras aparentemente conservadoras que Jacques Lacan direcionou aos estudantes que participavam das célebres agitações de Maio de 68 na França, quando movimentos grevistas e revoltas estudantis se alastraram pelo país. Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑