Etiqueta: Bolsonaro

Atualidade da ideologia do embranquecimento no Brasil

Por Pedro Souza[1] Nos últimos dias, seja no Brasil, seja ao redor do mundo, como nos EUA ou em Hong Kong, o que temos visto é o acirramento da luta de classes, com suas especificidades nacionais. O foco deste texto é uma abordagem sobre o contexto brasileiro, especialmente a temática racial.

Leia mais »

Um cheiro de perfume podre: paranoia, negação e militares

Por André Márcio “O Brasil pandêmico tem um cheiro de perfume podre e todos nós sabemos de onde ele vem. Na verdade, esse cheiro está hoje disseminado por toda a nossa sociedade. Ele vem das valas comuns abertas para jogar os corpos produzidos pela ignorância do governo Bolsonaro. O mesmo cheiro vem dos corpos putrefatos

Leia mais »

Propostas para derrotar o fascismo

Por Magno Francisco da Silva A crise do modo de produção capitalista, iniciada em 2008, a maior de toda história do capitalismo, é marcada por uma contradição cada vez mais intensa: ao mesmo tempo que o desenvolvimento das forças produtivas alcança patamares jamais vistos, há uma produção de miséria e desigualdade social como nunca em

Leia mais »

O que é o bolsonarismo e como derrotá-lo

Por Magno Francisco da Silva A história do fascismo no século XX traz um conjunto de ensinamentos que nos permite compreender o que representa o bolsonarismo. Ainda há quem hesite em caracterizar Bolsonaro e os militantes bolsonaristas como um movimento fascista, classificando-os como “loucos” ou apenas antidemocráticos.  

Leia mais »

“Classe” artística e Covid-19: falando sobre o básico

Por Ali do Espirito Santo Venho acompanhando algumas zonas de reclamação surgirem no meio artístico ligado às artes visuais, cênicas e afins. Essas zonas, criadas no facebook através de postagens individuais ou correntes desesperadas para o aumento de seguidores no instagram e divulgação a esmo de trabalhos pessoais, refere-se a chegada de uma suposta crise

Leia mais »

Um protesto contra o liberalismo de esquerda

Por Eduardo Borges* Com a saída de Moro, a classe trabalhadora anti-sistema se auto-percebe como órfã de um partido político, abrindo assim um novo horizonte histórico, a revolução brasileira. A essência se apresenta na aparência, não havendo mais, a possibilidade concreta da alienação política da práxis futura. Assim não há mais alternativa para a classe

Leia mais »

O novo coronavírus e o podre peleguismo

Por José R. da Silva Maramonhanga “A política é a expressão mais concentrada da economia”, demonstrou Lenin. Salta aos olhos, o comportamento mesquinho e cruel dos ricaços capitalistas, a essência nazi-fascista do governo Bolsonaro/generais, desta política burguesa e ação nefasta do movimento sindical. A crise expõem a  completa falência política e moral desse sistema e

Leia mais »