Repensando o Lúmpen: Crime Organizado e a Economia Política do Capitalismo

Por Gerald Horne, traduzido por Bruno Santana via Le Drepeau Rouge

“Em última instância o enfrentamento [ao sistema] se limita ao gesto simbólico e frequentemente permanece no nível da aparência. Na realidade, a experiência de muitos anos do crime organizado nos EUA sugere que seus objetivos sejam congruentes com e ajudem a sustentar as ambições do próprio capitalismo. O anúncio da suposta resistência representada pelos criminosos encobre seu verdadeiro papel na reprodução social, subverte a verdadeira resistência e ajuda a suprimir alternativas- particularmente aquelas na variedade da classe trabalhadora (Waterson 1994).”

Continue lendo “Repensando o Lúmpen: Crime Organizado e a Economia Política do Capitalismo”

Política Criminal e Luta de Classes

Por Daniel Buarque

“A violência ocorrida na chamada “Tragédia de Paraisópolis”, que melhor seria descrito como um massacre, é apenas mais uma dentre as diversas ocorrências de violência de agentes de segurança do Estado brasileiro que resultam na morte de jovens negros da classe trabalhadora.”

Continue lendo “Política Criminal e Luta de Classes”

A resistência na carne: aborto, capitalismo e a colonização do corpo feminino

Por Emilly Saas

A problemática do aborto que persiste, sobretudo, nos movimentos de mulheres e feministas tem carregado diversos aspectos legítimos e essenciais no debate; argumentações do Direito, da Psicologia, da Antropologia, das Ciências da Saúde animam a discussão para lembrar que sua criminalização é, na verdade, a criminalização da mulher, cuja classe social nos parece evidente. Continue lendo “A resistência na carne: aborto, capitalismo e a colonização do corpo feminino”

Um breve diálogo com Loic Wacquant sobre a onda punitiva em países da periferia capitalista

Por Thiago Sardinha

O estudo aborda a militarização como reflexo da crise estrutural do capitalismo a partir da critica da economia política, fazendo uso de autores marxistas e críticos de um capitalismo em ruínas para dialogar com o sociólogo francês Loic Wacquant.  Continue lendo “Um breve diálogo com Loic Wacquant sobre a onda punitiva em países da periferia capitalista”

Dois apontamentos sobre criminologia e marxismo

“Deixando o domínio do crime privado, tomando o mercado mundial, será que as nações mesmo existiriam, se não fosse o fato dos crimes nacionais?”

O tema da criminalidade aparece pela primeira vez na obra de Marx em seu texto de juventude sobre a criminalização da coleta da lenha na Alemanha. As entrelinhas de sua crítica da concepção idealista do crime são o ponto de partida dos dois textos publicados abaixo. Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑