Alfred Sohn-Rethel e a falsa consciência necessária

Por Daniel Tutt, via Spirit is a Bone, traduzido por Daniel Fabre

Professor da Marymount University, Daniel Tutt, aborda o conceito de falsa consciência necessária do filosofo marxista do século XX Alfred Sohn-Rethel. Este em sua obra-prima – Trabalho Intelectual e Manual Continue lendo…

Anúncios

Marx e a tradição crítica do direito

Por Daniel Fabre

O pensamento marxista, de toda a filosofia contemporânea é sem dúvidas aquele que teve maior repercussão em nosso tempo. Sua influência chegou tanto às inúmeras correntes que descendem de seu pensamento, Continue lendo…

Dois apontamentos sobre criminologia e marxismo

“Deixando o domínio do crime privado, tomando o mercado mundial, será que as nações mesmo existiriam, se não fosse o fato dos crimes nacionais?”

O tema da criminalidade aparece pela primeira vez na obra de Marx em seu texto de juventude sobre a criminalização da coleta da lenha na Alemanha. As entrelinhas de sua crítica da concepção idealista do crime são o ponto de partida dos dois textos publicados abaixo. Continue lendo…

A ideologia do contrato de trabalho

Entrevista a Gustavo Seferian, por Gabriel Landi Fazzio.

Militante e advogado trabalhista, Gustavo Seferian desenvolve em seus estudos uma reflexão marxista sobre o direito do trabalho – e uma crítica ideológica das ofensivas neoliberais contra o mesmo. Entrevistado, o pesquisador debate o avanço das formas de terceirização, o mito da “inspiração fascista” da CLT e a posição da classe trabalhadora frente ao direito do trabalho, nos tempos atuais.

Continue lendo…

Capital sem Capitalismo (Parte II)

Por Sandino Nuñez, traduzido por Daniel Fabre.

Sandino Andres Nuñez é um importante filósofo e escritor latino-americano, pouco conhecido no Brasil. Especializado em epistemologia e filosofia da ciência pela Universidad de la Republica, o autor investiga a possibilidade de crítica da cultura contemporânea, identificando nela o caráter a-simbólico do capitalismo tardio. Busca ainda revitalizar a teoria do sujeito e a psicanálise, colocando a subjetividade como uma ferramenta da socialização política.

Continue lendo…

Capital sem Capitalismo (parte I)

Por Sandino Nuñez, traduzido por Daniel Fabre.

Sandino Andres Nuñes é um importante filosofo e escritor latino-americano, pouco conhecido no Brasil. Especializado em epistemologia e filosofia da ciência pela Universidad de la Republica, o autor investiga a possibilidade de crítica da cultura contemporânea, identificando nela o caráter a-simbólico do capitalismo tardio. Busca ainda revitalizar a teoria do sujeito e a psicanálise, colocando a subjetividade como uma ferramenta da socialização política.

Continue lendo…

Étienne Balibar: “Um período de intenso debate acerca da filosofia marxista”

Por Jérôme Skalski, via Humanité, traduzido por Daniel Alves Teixeira.

Em entrevista ao Humanité, Étienne Balibar aborda o pensamento de Louis Althusser relatando a efervescência do mundo intelectual e político francês dos anos 60 e 70, onde um marxismo revigorado permeava os debates partidários e acadêmicos. Autor do estudo “Sobre os conceitos fundamentais do materialismo histórico” publicado no renomado Ler o Capital em 1965, o filósofo afirma ainda a necessidade de uma crítica do capitalismo que esteja a altura das exigências do presente.

Continue lendo…

Como vencer uma guerra impossível?

Por Gabriel Landi Fazzio

Vo Nguyen Giap é considerado um dos maiores estrategistas militares da história. Filho de camponeses, Giap nunca teve formação militar acadêmica. Mesmo assim, comandou as forças vietnamitas nas vitórias sobre a França e os EUA. Morreu aos 102 anos, em 4 de outubro de 2013, deixando a lição de que, na luta pela emancipação, as forças populares têm “a energia criativa para alcançar coisas que seus adversários nunca poderiam esperar ou imaginar”. Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑