Necropolítica à la française

Por Gabriel Miranda

Detrás da Tour Eiffel, dos espaços de opulência da burguesia que desfruta da bela Paris, dos cafés charmosos, dos queijos, dos vinhos, da arquitetura e dos museus que tanto encantam os setores médios, existe uma Paris que não costuma figurar nos roteiros de viagens, na indústria cultural Continue lendo “Necropolítica à la française”

Karl Marx e as Fake News: Sobre a indústria de mentiras do capital

Por Edson Mendes[1]

“Talvez, ao tratar as fake news, parte da estratégia eleitoreira de Steve Bannon, como uma grande novidade de nossos tempos nos faça perder de vista o essencial: a base da estrutura que permitia os jornais antigos de espalharem notícias falsas, por exemplo, sobre Marx e que permitem, hoje, a ascensão da extrema-direita ao poder no Ocidente pelo uso da corrupção como espetáculo, da mentira como arma e do esvaziamento da política como plataforma.” Continue lendo “Karl Marx e as Fake News: Sobre a indústria de mentiras do capital”

A verdadeira e a falsa ontologia na fenomenologia de Berger e Luckmann

Por Germano Rama Molardi 

A obra resenhada, Modernismo, pluralismo e crise de sentido é produto do trabalho conjunto de um austríaco e de um esloveno que se conhecem a partir do momento em que se mudam para os Estados Unidos, onde vão ser colegas no curso de pós-graduação da New School for Social Research, onde também foram professores. A parceria engendra a escrita de um livro importante para a sociologia do conhecimento, como é o caso de A construção social da realidade.

Continue lendo “A verdadeira e a falsa ontologia na fenomenologia de Berger e Luckmann”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑