Etiqueta: Gênero

Lei e crítica: sobre Arendt, raça e a transgressão

Por: Ayça Çubukçu, via Critical Legal Thinking, traduzido por Marcelo Bamonte A forte rejeição de Arendt à ação afirmativa e ao movimento Black Power pode ser interpretada como uma articulação inicial de objeções contemporâneas – e categóricas – à “política de identidade”, com base no fato de que elas constituem “racismo reverso”, ou então, uma

Leia mais »

O Capitalismo e a Identidade Gay

Por John D’Emilio. Artigo introduzido pelo texto O Nascimento e a Vida Curta do Marxismo Gay: O capitalismo e a identidade gay contextualizado “O capitalismo e a identidade gay foi publicado pela primeira vez em 1983, e originalmente constituía uma versão revisada de uma palestra dada por D’Emilio ao redor dos anos de 1979 e

Leia mais »

Reestruturação capitalista e o poder das trabalhadoras têxteis no Egito

Por Nada Matta, via Marxist Sociology, traduzido por Otávio Losada Em um estudo recente [1], descobri que, contrariando as expectativas, as capacidades das mulheres de se organizarem no setor público da Misr Weaving and Spinning Company de Mahalla (uma cidade industrial ao norte do Cairo) aumentaram muito mais na onda de greves dos anos 2000

Leia mais »

O brilho ofuscante da lacração: ponderações sobre o cancelamento de Dan Bilzerian

Por Sofia Azevedo A lacração é uma cultura cheia de armadilhas. Vemos uma gama de variações do “drop the mic”, cuja finalidade é o espetáculo, a reação encadeada dos espectadores que aguardam ansiosamente uma performance vazia e arrebatadora. Nesse caso, a exposição. Uma cultura que deseja que sejam pregadas listas infindáveis de pessoas emudecidas na

Leia mais »

Moschkovich nos ofereceu bons resultados advindos de uma boa operação do materialismo histórico dialético

Por Eduardo Borges* As teses de Marília Moschkovich** publicada no blog da Boitempo[1] por um lado parecem estar corretas quando analisamos os desdobramentos argumentativos de todo o texto, no que tange a articulação da dialética marxista, isto é, tomando como premissa que em última instancia é o momento subjetivo ou melhor, teleológico da classe em

Leia mais »

Falta um programa para as mulheres

Por Ana Barradas, via Bandeira Vermelha Alguns comunistas deixam-se cegar pela indignação ao verem-se comparados com quaisquer outros homens no que refere à questão feminina. Com isso não conseguem divisar o que há de verdadeiro nas afirmações segundo as quais também entre eles se reproduzem algumas das taras da sociedade patriarcal. Como tratar na tática

Leia mais »