Gênero e lugar de fala

Por Julio d’Avila

BRUTO: A que mar de perigo me conduzes, 

Pedindo que vasculhe a própria alma

Buscando o que lá dentro não se encontra?

Júlio César, Shakespeare Continue lendo “Gênero e lugar de fala”

Anúncios

Sintomas de uma ausência (danos da moral e política patriarcais)

Por Daniel Santos da Silva

Se você é pobre é vulnerável, se você é mulher é ainda mais vulnerável.  Como se o sistema não se conformasse em agredi-las pelo que são e se desse a macabra tarefa de eliminá-la. Quer dizer, já não é mais apenas objeto de assédio e violência sexual.

Continue lendo “Sintomas de uma ausência (danos da moral e política patriarcais)”

És tu pro

Por Clarisse Gurgel

Situando o estupro como um ato nem só biológico, nem somente simbólico, somos levados a destrinchar algo que envolve uma pulsão. Assim compreendendo, seremos levados a considerar uma dimensão também não somente biológica, nem somente simbólica, na forma do sonho e na forma da mercadoria.

Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑