Etiqueta: Guerra

Investigação sobre os bombardeios no rio Vermelho (Vietnã, verão de 1972) – método de análise e reflexões gerais

Yves Lacoste, via Gallica, traduzido por Mario Matos Falar novamente sobre os bombardeios nos diques no Vietnã do Norte (especialmente os ocorridos no verão de 1972) agora que a guerra da Indochina terminou – finalmente -, pode parecer um exercício ocioso. Porém, não é inútil retornar a esse assunto, principalmente se consideramos importante, politicamente, não

Leia mais »

Underground invertido: a pandemia dissimulada

Por Rodrigo Alencar* O meme da pandemia é: “todos os protocolos estão sendo seguidos”. Quais protocolos? Todos! Então não sabemos se o estabelecimento está obrigando as pessoas a comerem de máscara ou diluindo cloroquina com ivermectina na água. A palavra “todos” pressupõe consensos científicos e sanitários que ainda são parcos e que, se seguidos seriamente,

Leia mais »

A crise italiana (1924)

Por Antonio Gramsci, via L’Ordine Nuovo, traduzido por Mario Matos A crise radical do regime capitalista, iniciada na Itália como no mundo todo com a guerra, não foi solucionada pelo fascismo. O fascismo, com seu método repressivo de governar, tornou muito difícil, e mesmo quase totalmente impediu, que se manifestassem na política os efeitos da

Leia mais »

O monólogo do vírus

Por autor desconhecido, via lundimatin.am, traduzido por Pedro Pimenta Queridos humanos, parem com os seus ridículos apelos à guerra. Parem de me lançar esses olhares de vingança. Desliguem a aura de terror com que embrulham o meu nome. Nós, os vírus, desde a origem bacteriana do mundo, somos o verdadeiro continuum da vida na Terra.

Leia mais »

Guerra nas montanha no passado e no presente

Por Friedrich Engels, via marxists.org, traduzido por Ícaro Batista Engels escreveu este artigo para o New-York Daily Tribune no início de janeiro de 1857, a pedido de Marx. Em sua carta a Engels de 10 de janeiro, Marx informou-o do recebimento do artigo.

Leia mais »

Tensão nuclear koreana: Apocalipse… quase agora

Por Slavoj Žižek, via RT, traduzido por Rodrigo Gonsalves. O barulho da sabre e a dura retórica do atual impasse nuclear na península coreana devem lembrar a humanidade de algo que nos esquecemos. Armas atômicas são coisas terríveis, e falar em usá-las deve ser um assunto tabu.

Leia mais »

Slavoj Žižek: O espectro de Putogan

Por Slavoj Žižek, via Newstatesman, traduzido por José Mauro Garboza Junior* Vladimir Putin da Rússia e Recep Tayyip Erdogan são agora oficialmente inimigos, mas não parece cada vez mais que eles representam as duas versões de um mesmo regime político?

Leia mais »

O Inimigo Terrorista: apenas mais um

Por Lucas Maurício. Há exatos 14 anos, no dia 20 de setembro de 2001, Georg W. Bush, na época presidente dos Estados Unidos, declarou guerra ao terror. As razões expostas, em seu discurso, perante o congresso, parecem claras e se estruturam com base nos velhos e hipócritas valores da “democracia” norte-americana: liberdade e justiça.

Leia mais »