Hércules 56 e o sequestro do embaixador norte-americano Charles Elbrick

Por Daniel Fabre.

Há exatos 46 anos, em 4 de setembro de 1969 integrantes da Aliança Libertadora Nacional (ALN) e do Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8) sequestraram no Rio de Janeiro o embaixador dos Estados Unidos, Charles Elbrick, em troca da libertação de 15 presos políticos do regime.

Ponto de inflexão na luta política contra o regime ditatorial, o sequestro marcou sua geração com o exemplo da ação direta. Apesar das críticas, o ato tornou conhecidas personalidades como José Dirceu, Ricardo Zarattini, Claudio Torres, Franklin Martins, entre outros, que viriam a protagonizar a política brasileira no futuro.

herc-02__a734c94d

Lançado em 2007, o documentário “Hércules 56” do diretor Silvio Da-Rin, relembra o episódio, reunindo quase 40 anos depois alguns dos sobreviventes da ação, para discutir a luta armada da época e suas causas e consequências. Promove também o encontro, num mesmo debate e ambiente, de integrantes das organizações responsáveis pelo sequestro.

Vale a pena ver conferir o documentário com imagens de arquivo da época, material inédito de agências de notícias de diversos países, além das imagens atuais com o depoimento dos sobreviventes do ato que marcou a luta contra a ditadura no Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: