A felicidade real de Alain Badiou

Por Alain Badiou, traduzido por Daniel Alves Teixeira

Ao final de seu livro Métaphysique du Bonheur Réel (Metafísica da Felicidade Real, ainda sem tradução para o português), Alain Badiou recapitula os 21 pontos que sintetizam aquilo que para ele poderia ser chamada de felicidade real:


  1. A felicidade é o sinal infalível de todo acesso às verdades.
  1. A felicidade não é a recompensa da virtude, mas ela é a virtude ela mesma.
  1. A felicidade é a experiência afirmativa de uma interrupção da finitude.
  1. A felicidade é o afeto da vida verdadeira.
  1. A felicidade real é uma figura subjetiva do Aberto.

      6. A felicidade real é o afeto da democracia.

  1. A felicidade real é o gozo de novas formas de vida.
  1. Toda felicidade real supõe uma liberação do tempo.
  1. Não há felicidade senão para aquele que, de um indivíduo, aceita se tornar sujeito.
  1. Marchar sob o imperativo de uma Ideia verdadeira nos destina à felicidade.
  1. Toda felicidade real se coloca em um encontro contingente, não existe nenhuma necessidade de ser feliz.
  1. Uma certa dose de desespero é a condição da felicidade real.
  1. O afeto do efeito de sujeito, quer seja o entusiasmo político, a beatitude científica, o prazer estético ou o gozo amoroso, é sempre isso que merece, para além de todas as satisfações das necessidades, o nome de felicidade.
  1. A felicidade é sempre gozo do infinito.
  1. Toda felicidade real é uma fidelidade.
  1. A felicidade é o advento, em um indivíduo, do Sujeito que ele descobre poder se tornar.
  1. A felicidade é o afeto do Sujeito enquanto exceção imanente.
  1. A essência verdadeira da liberdade, condição essencial da felicidade real, é a disciplina.
  1. Toda felicidade é uma vitória contra a finitude.
  1. Toda felicidade é um gozo finito do infinito.
  1. Toda felicidade é obtida, em um sentido, pela força do querer.

Extraída do livro Métaphysique du Bonheur Réel – Presses Universitaires de France, 2015, 1º édition.

Para um comentário de Vladimir Safatle sobre este livro, vide o link 1 ou 2.

 

Anúncios

Um comentário em “A felicidade real de Alain Badiou

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: