Oferta!

A emancipação das mulheres e a revolução proletária - V. I. Lênin [PRÉ-VENDA PROMOCIONAL: ENTREGAS A PARTIR DE 1/3]

R$40,00 R$34,00

[PRÉ-VENDA PROMOCIONAL: ENTREGAS A PARTIR DE 1/3]

“A experiência de todos os movimentos de libertação atesta que o êxito de uma revolução depende do grau em que dela participam as mulheres.”

Uma coletânea reunindo as principais intervenções de Lênin a respeito da opressão feminina e o papel de vanguarda reservado à mulher proletária na luta revolucionária pelo socialismo e pela emancipação. São 33 excertos selecionados e anotados, municiando a militância radical para um duplo combate:

Por um lado, para a luta ideológica contra o liberalismo, que acusa o marxismo-leninismo de ter negligenciado a luta das mulheres, oferecendo como alternativa ao socialismo científico um feminismo liberal e desprovido de qualquer anticapitalismo. Por outro lado, para o combate ao marxismo vulgar, que considera toda e qualquer reivindicação feminista como um desvio “identitário”, ignorando a longa história de luta do movimento comunista (em especial de suas seções femininas) contra o chauvinismo masculino. Pois, como dizia Lênin:

“O trabalho de agitação e de propaganda entre as mulheres, a difusão do espírito revolucionário entre elas, são considerados problemas ocasionais, tarefas que cabem unicamente às companheiras. Isso é mal, muito mal. É separatismo puro e simples! O que é que está na base dessa atitude equivocada? Em última análise, trata-se de uma subestimação da mulher e de seu trabalho. Infelizmente, ainda pode dizer-se de muitos camaradas: ‘Raspa um comunista e encontrarás um filisteu!’ Evidentemente, deve-se raspar no ponto sensível: em sua concepção sobre a mulher.”

Descrição

[PRÉ-VENDA PROMOCIONAL: ENTREGAS A PARTIR DE 1/3]

“A experiência de todos os movimentos de libertação atesta que o êxito de uma revolução depende do grau em que dela participam as mulheres.”

Uma coletânea reunindo as principais intervenções de Lênin a respeito da opressão feminina e o papel de vanguarda reservado à mulher proletária na luta revolucionária pelo socialismo e pela emancipação. São 33 excertos selecionados e anotados, municiando a militância radical para um duplo combate:

Por um lado, para a luta ideológica contra o liberalismo, que acusa o marxismo-leninismo de ter negligenciado a luta das mulheres, oferecendo como alternativa ao socialismo científico um feminismo liberal e desprovido de qualquer anticapitalismo. Por outro lado, para o combate ao marxismo vulgar, que considera toda e qualquer reivindicação feminista como um desvio “identitário”, ignorando a longa história de luta do movimento comunista (em especial de suas seções femininas) contra o chauvinismo masculino. Pois, como dizia Lênin:

“O trabalho de agitação e de propaganda entre as mulheres, a difusão do espírito revolucionário entre elas, são considerados problemas ocasionais, tarefas que cabem unicamente às companheiras. Isso é mal, muito mal. É separatismo puro e simples! O que é que está na base dessa atitude equivocada? Em última análise, trata-se de uma subestimação da mulher e de seu trabalho. Infelizmente, ainda pode dizer-se de muitos camaradas: ‘Raspa um comunista e encontrarás um filisteu!’ Evidentemente, deve-se raspar no ponto sensível: em sua concepção sobre a mulher.”


Editora: LavraPalavra Editorial

Paginação: 160

Tradução: Mariângela de Sousa Marques

Prefácio: Marianna Rodrigues Vitório

Capa: Raíssa Oliveira

Revisão: Giovana Aranda Silva

Informação adicional

Peso 0.201 kg
Dimensões 14 × 21 × 1 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A emancipação das mulheres e a revolução proletária – V. I. Lênin [PRÉ-VENDA PROMOCIONAL: ENTREGAS A PARTIR DE 1/3]”