Oferta!

Meus dias com Lênin, por Máksim Górki

R$22,00

[PRÉ-VENDA PROMOCIONAL – ENTREGAS A PARTIR DE 09/11]

Górki conheceu Lênin em um Congresso do Partido em Londres, em 1907. Eles se encontraram novamente muitas vezes – durante o exílio de Lênin na Europa e após a revolução bem-sucedida de outubro de 1917. Com a perspicácia de “um literato, obrigado a tomar notas de pequenos detalhes”, Górki oferece uma imagem profundamente íntima de Lênin, uma imagem da qual a revolução em desenvolvimento é parte integrante, pois é impossível separar o homem de seu papel na história, tão estreitamente ligados ambos se encontram. Lênin, o bolchevique, o construtor de seu partido, o organizador e o líder da revolução, emerge dessas páginas em linhas nítidas. E é ainda mais real, visto pelos olhos de Górki, pois ele fala de Lênin em seus momentos de descanso e lazer, bem como em momentos de acalorado debate político; mostra-o em repouso em Capri, jogando xadrez e conversando com os pescadores; cuidando da saúde e do conforto de seus companheiros; debatendo sobre o papel dos intelectuais na revolução; discutindo com os operários os detalhes de suas vidas.

Reunindo os escritos “Vladímir Ilitch Lênin”, de julho de 1920, e “Meus dias com Lênin”, escrito em 1924 e reeditado em 1932.

Tradução por Marcelo Bamonte Seoane.

88 páginas.

Descrição

[PRÉ-VENDA PROMOCIONAL – ENTREGAS A PARTIR DE 09/11]

Górki conheceu Lênin em um Congresso do Partido em Londres, em 1907. Eles se encontraram novamente muitas vezes – durante o exílio de Lênin na Europa e após a revolução bem-sucedida de outubro de 1917. Com a perspicácia de “um literato, obrigado a tomar notas de pequenos detalhes”, Górki oferece uma imagem profundamente íntima de Lênin, uma imagem da qual a revolução em desenvolvimento é parte integrante, pois é impossível separar o homem de seu papel na história, tão estreitamente ligados ambos se encontram. Lênin, o bolchevique, o construtor de seu partido, o organizador e o líder da revolução, emerge dessas páginas em linhas nítidas. E é ainda mais real, visto pelos olhos de Górki, pois ele fala de Lênin em seus momentos de descanso e lazer, bem como em momentos de acalorado debate político; mostra-o em repouso em Capri, jogando xadrez e conversando com os pescadores; cuidando da saúde e do conforto de seus companheiros; debatendo sobre o papel dos intelectuais na revolução; discutindo com os operários os detalhes de suas vidas.

Reunindo os escritos “Vladímir Ilitch Lênin”, de julho de 1920, e “Meus dias com Lênin”, escrito em 1924 e reeditado em 1932.

Tradução por Marcelo Bamonte Seoane.

88 páginas.

Informação adicional

Peso 0.165 kg
Dimensões 12 × 17 × 1 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Meus dias com Lênin, por Máksim Górki”