Etiqueta: Literatura

Kung I-Chi

Por Lu Xun, traduzido do inglês por Isabela Ferreira Gesser Kung I-Chi (em chinês: 孔乙己) é um conto de Lu Xun, o fundador da literatura chinesa moderna, até então inédito em português. Originalmente publicado em abril de 1919 na revista Nova Juventude (新 青年), foi posteriormente incluído em sua primeira coleção de contos, O Chamado (吶喊).

Leia mais »

Valores em disputa

Por Julio D’Avila Existe uma certa vocação na arte nacional, de representar a realidade social brasileira, que pode ser descrita como um efeito Mário de Andrade, já que tem como objetivo último causar a sensação que o poeta sentiu ao abancar-se em sua escrivaninha: “esse homem é um brasileiro que nem eu…”. Ele refletia sobre o

Leia mais »

O monólogo do vírus

Por autor desconhecido, via lundimatin.am, traduzido por Pedro Pimenta Queridos humanos, parem com os seus ridículos apelos à guerra. Parem de me lançar esses olhares de vingança. Desliguem a aura de terror com que embrulham o meu nome. Nós, os vírus, desde a origem bacteriana do mundo, somos o verdadeiro continuum da vida na Terra.

Leia mais »

Cinco Dificuldades no Escrever a Verdade

Por Bertolt Brecht via marxist.org, tradução de Florian Geyer. O pensamento não é mais cultivado. E, quando é cultivado, termina sendo perseguido. Mesmo assim, sempre existem campos nos quais, sem perigo de ser apanhado, pode-se exercer com êxito o pensamento; são os campos nos quais até as ditaduras necessitam do pensamento. Pode-se provar os êxitos

Leia mais »

O cristal vermelho – sobre o realismo de Thiago Cervan

Por Carlos Eduardo Carneiro* Thiago Cervan sabe que cumprir a função de intelectual não é um dom, é fruto da superprodução de valores de uso da indústria capitalista e que ele, oriundo da periferia do ABC paulista, é uma das exceções que conseguiram, devido à inúmeras circunstâncias de vida, livrar-se da condição de exército reserva

Leia mais »

Classes da Grécia Antiga

Por Peter W. Rose, traduzido por Felipe Campos de Azevedo Nesta introdução ao livro “Class in Archaic Greece” [Classes na Grécia Arcaica] (2012, p. 15-19), Peter Rose (crítico literário marxista especializado na literatura grega) apresenta algumas questões sobre o estudo materialista dialético das sociedades pré-capitalista.

Leia mais »

Uma crítica marxista da literatura grega

Nesta introdução ao livro “Sons of the Gods” [Filhos dos Deuses] (1992), o autor Peter Rose apresenta uma crítica literária marxista robusta dos textos da gregos do período clássico.

Leia mais »

Tropicália: O lixo e a lógica

Por Gabriel Varandas Lazzari Tropicália ou Panis et Circencis1 (1968)2 é um dos discos mais conhecidos da música brasileira e foi fruto do “momento tropicalista”3, conjuntura artística que aconteceu no final dos anos 1960.

Leia mais »