Cartas Estudantis: um romance diabólico

Por Inês Maia

Foi Antonio Candido que pensando sobre a literatura e a vida social redescobriu uma das máximas de Sainte-Beuve ao lembrar que: “O poeta não é uma resultante, nem mesmo um simples foco refletor; possui o seu próprio espelho, a sua mônada individual e única. Continue lendo “Cartas Estudantis: um romance diabólico”

Anúncios

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑