Oferta!

A luta contra o capitalismo de plataforma: uma investigação das lutas globais da economia gig

R$39,00

[PRÉ-VENDA PROMOCIONAL, ENTREGAS A PARTIR DO FIM DE OUTUBRO]

O trabalho de plataforma tem sido um importante laboratório para o capital: técnicas de gestão, como o uso de algoritmos, estão sendo testadas para posterior exportação a toda a economia global, e argumenta-se que a automação está minando as condições de ação dos trabalhadores. Embora o truque contratual do trabalho autônomo tenha permitido que as plataformas crescessem rapidamente e mantivessem seus custos baixos, por outro lado, os trabalhadores também descobriram que podem fazer greve sem seguir os regulamentos existentes.

Este livro desenvolve uma crítica das plataformas e do capitalismo de plataforma a partir da perspectiva dos trabalhadores e contribui para os debates em curso sobre o futuro do trabalho e da organização dos trabalhadores. Apresenta um retrato alternativo, enfocando a experiência dos trabalhadores, focando na solidariedade, retratando uma imagem global de novas formas de ação. Em particular, o livro se concentra em três dinâmicas que estão impulsionando as lutas na economia de plataforma: as crescentes conexões entre trabalhadores que não estão mais isolados; a falta de comunicação e negociação das plataformas, levando à escalada da ação dos trabalhadores em torno de questões compartilhadas; e a internacionalização das plataformas, que lançou as bases para uma nova solidariedade transnacional.

Concentrando sua atenção nos trabalhadores de transporte e correio, trabalhadores online e freelancers, o autor Jamie Woodcock analisa como os trabalhadores constroem seu próprio poder em diferentes situações. Em vez de minar a capacidade de ação dos trabalhadores, as plataformas forneceram a base técnica para o surgimento de novas lutas globais contra o capitalismo!

Sobre o autor: Jamie Woodcock é professor sênior da Open University e pesquisador em Londres. É autor de “A Economia Gig” (2019), “Marx no fliperama” (2019) e “Working the Phones” (2017), também atuando nos conselhos editoriais de “Notes from Below” e “Historical Materialism”.

Descrição

[PRÉ-VENDA PROMOCIONAL, ENTREGAS A PARTIR DO FIM DE OUTUBRO]

O trabalho de plataforma tem sido um importante laboratório para o capital: técnicas de gestão, como o uso de algoritmos, estão sendo testadas para posterior exportação a toda a economia global, e argumenta-se que a automação está minando as condições de ação dos trabalhadores. Embora o truque contratual do trabalho autônomo tenha permitido que as plataformas crescessem rapidamente e mantivessem seus custos baixos, por outro lado, os trabalhadores também descobriram que podem fazer greve sem seguir os regulamentos existentes.

Este livro desenvolve uma crítica das plataformas e do capitalismo de plataforma a partir da perspectiva dos trabalhadores e contribui para os debates em curso sobre o futuro do trabalho e da organização dos trabalhadores. Apresenta um retrato alternativo, enfocando a experiência dos trabalhadores, focando na solidariedade, retratando uma imagem global de novas formas de ação. Em particular, o livro se concentra em três dinâmicas que estão impulsionando as lutas na economia de plataforma: as crescentes conexões entre trabalhadores que não estão mais isolados; a falta de comunicação e negociação das plataformas, levando à escalada da ação dos trabalhadores em torno de questões compartilhadas; e a internacionalização das plataformas, que lançou as bases para uma nova solidariedade transnacional.

Concentrando sua atenção nos trabalhadores de transporte e correio, trabalhadores online e freelancers, o autor Jamie Woodcock analisa como os trabalhadores constroem seu próprio poder em diferentes situações. Em vez de minar a capacidade de ação dos trabalhadores, as plataformas forneceram a base técnica para o surgimento de novas lutas globais contra o capitalismo!

Sobre o autor: Jamie Woodcock é professor sênior da Open University e pesquisador em Londres. É autor de “A Economia Gig” (2019), “Marx no fliperama” (2019) e “Working the Phones” (2017), também atuando nos conselhos editoriais de “Notes from Below” e “Historical Materialism”.

Informação adicional

Peso 0.290 kg
Dimensões 14 × 21 × 1 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A luta contra o capitalismo de plataforma: uma investigação das lutas globais da economia gig”