Etiqueta: Gabriel Tupinambá

O guia de sobrevivência da quarentena de Slavoj Žižek: prazeres culposos, Assassinos de Valhalla e finja que isso é apenas um jogo.

Por Slavoj Žižek, via RT, traduzido por Victor Pimentel Para lidar com a pressão mental durante a pandemia de coronavírus, minha primeira regra é que esse não é o momento para buscar autenticidade espiritual. Sem qualquer constrangimento – assuma todos os pequenos rituais que estabilizam sua vida cotidiana.

Leia mais »

Política e Problema

Por Gabriel Tupinambá Ouvindo todos aqui[2], eu pensei que esse nosso debate de hoje poderia acontecer sob dois títulos diferentes. Pois é diferente falar do problema da unidade da esquerda e falar da unidade problemática da esquerda.

Leia mais »

A condição ontológica do excesso

Por Daniel Alves Teixeira, membro do CEII “E, de outro lado, é igualmente recorrente nos debates de esquerda o problema da “unidade”, de “unificação” dos movimentos e convergência das lutas, que classicamente encontrava suas imagens na forma-Partido ou na organização classista

Leia mais »

Resposta a um camarada sobre O Fim da Organização

Via CEII Resolvemos dar o pontapé inicial à coluna “Associação Livre” respondendo aos interessantes comentários de um camarada – que inclusive trabalha aqui no LavraPalavra – a respeito de um texto escrito pelo CEII e apresentado no colóquio “Psicanálise e a Hipótese Comunista”

Leia mais »

Abstração real e autonomização do valor

Por Gabriel Tupinambá, via CEII. Introdução Gostaria de usar como epígrafe de nossa investigação a seguinte passagem do texto A autonomização das formas verdadeiramente sociais na teoria de Marx, de Leda Paulani:

Leia mais »