Preconceito linguístico: a torre de Babel do capitalismo tardio

Por Anielson Ribeiro

Porquanto o meio social está impregnado de preconceitos, a linguagem, sendo reflexo da cultura da sociedade, não escapa a esse logro. Por uma questão de adaptação às normas sociais vigentes, todos os grupos buscam convergir para a linguagem das classes mais privilegiadas, pois, para o grosso da massa, a linguagem é uma maneira de evidenciar categoricamente a classe do indivíduo. Continue lendo “Preconceito linguístico: a torre de Babel do capitalismo tardio”

Anúncios

A interpretação de Trotski acerca do estalinismo

Por Perry Anderson, originalmente publicado em New Left Review , maio-junho de 1983. Traduzido por Morgana Romão e revisado por Marcio Lauria Monteiro.

A interpretação de Trotski acerca do significado histórico do estalinismo, até hoje a teoria mais coerente e desenvolvida sobre o fenômeno dentro da tradição marxista, foi construída ao longo de vinte anos de luta política prática contra isso. Seu pensamento, portanto, evoluiu através da tensão com os principais conflitos e eventos desses anos, e pode ser convenientemente periodizado em três fases essenciais. * Continue lendo “A interpretação de Trotski acerca do estalinismo”

Sobre a carta não entregue a Trotsky

Por Eduardo Henrique Nascimento Silva

Talvez sem Joffé saber, a angústia e tristeza de um revolucionário, que teve a pior das condenações aos que lutam, “ser impedido de lutar”, serve às futuras gerações para continuar lutando, e sabendo que, mesmo com toda a tristeza e depressão promovida por esse sistema, sempre a luta será a luz do farol que conduzirá a todos jovens revolucionários.

Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑