Alexandra Kollontai: obras escolhidas (volume 2)

R$50,00

A comunista Alexandra Mikháilovna Kollontai (1872 – 1952) é, sem sombra de dúvidas, a mais destacada revolucionária russa de sua geração: indicada para o Comitê Central bolchevique no VI Congresso do partido (1917), foi a primeira mulher eleita para os Comitês Executivos do Soviet de Petrogrado e dos Soviets de toda a Rússia. Opondo-se à linha majoritária entre os bolcheviques (de apoio crítico ao Governo provisório de Kérenski) ao lado de Lênin, à época em que ele proferia suas famosas Teses de Abril, Kollontai ajudou definir os rumos daquela que viria ser a primeira revolução socialista vitoriosa da história.

Nomeada Comissária do Povo para Assuntos do Bem-Estar Social após a Revolução de Outubro, Kollontai esteve na linha de frente das lutas das operárias e camponesas contra o patriarcalismo opressivo enraizado na sociedade russa. Travou, ao longo de toda sua vida, uma luta em duas frentes: por um lado, contra o chamado “chauvinismo masculino”, existente mesmo entre os revolucionários comunistas; e, por outro lado, contra o feminismo burguês: “Por que razão, então, a mulher operária deveria buscar uma união com as feministas burguesas? Quem, de fato, seria beneficiada no caso de tal aliança? Certamente, não a mulher operária”.

A fim de lançar luz sobre o legado desta grande revolucionária, a LavraPalavra Editorial e a Biblioteca Laura Brandão apresentam esta coletânea de Obras Escolhidas de Alexandra Kollontai em 2 volumes!

Descrição

A comunista Alexandra Mikháilovna Kollontai (1872 – 1952) é, sem sombra de dúvidas, a mais destacada revolucionária russa de sua geração: indicada para o Comitê Central bolchevique no VI Congresso do partido (1917), foi a primeira mulher eleita para os Comitês Executivos do Soviet de Petrogrado e dos Soviets de toda a Rússia. Opondo-se à linha majoritária entre os bolcheviques (de apoio crítico ao Governo provisório de Kérenski) ao lado de Lênin, à época em que ele proferia suas famosas Teses de Abril, Kollontai ajudou definir os rumos daquela que viria ser a primeira revolução socialista vitoriosa da história.

Nomeada Comissária do Povo para Assuntos do Bem-Estar Social após a Revolução de Outubro, Kollontai esteve na linha de frente das lutas das operárias e camponesas contra o patriarcalismo opressivo enraizado na sociedade russa. Travou, ao longo de toda sua vida, uma luta em duas frentes: por um lado, contra o chamado “chauvinismo masculino”, existente mesmo entre os revolucionários comunistas; e, por outro lado, contra o feminismo burguês: “Por que razão, então, a mulher operária deveria buscar uma união com as feministas burguesas? Quem, de fato, seria beneficiada no caso de tal aliança? Certamente, não a mulher operária”.

A fim de lançar luz sobre o legado desta grande revolucionária, a LavraPalavra Editorial e a Biblioteca Laura Brandão apresentam esta coletânea de Obras Escolhidas de Alexandra Kollontai em 2 volumes!

Organização e tradução: Maitê Peixoto

Revisão: Mari Marques e Giovana Aranda

Arte: Raíssa Oliveira


Volume 2: A revolução sexual e o socialismo

Contendo os escritos:

-O casamento e o problema da família

-Sobre a prostituição

-A união livre

-A Nova Mulher (35 páginas)

-Anna Akhmátova: o canto da Nova Mulher (17 páginas)

-O amor e a nova moral (13 páginas)

-As relações entre os sexos e a luta de classes

-O amor como fator psicossocial (8 páginas)

-O amor camaradagem (15 páginas)

-A sociedade do amanhã

-Revolução na vida cotidiana

-Revolução nos costumes

-Do comunismo de guerra aos nossos dias

-Os costumes

-O amor de três gerações

Informação adicional

Peso 0.380 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Alexandra Kollontai: obras escolhidas (volume 2)”