Badiou e Hegel: Infinito, dialética, subjetividade

Por Adrian Johnston, via Philosophical Reviews, traduzido por Daniel Alves Teixeira

Esta é a tradução de uma resenha escrita por Adrian Johnston para o livro organizado por Jim Vernon e Antonio Calignano em que são discutidas, em diversas vertentes e formas de abordagem, as possíveis aproximações Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑