Deus no divã: reflexões sobre a monstruosidade de Cristo

Por Inês Maia

Nós, nascidos e criados no departamento francês de ultramar, na querela entre Ivan Karamazov e Aliócha[1] sempre ficamos ao lado do primeiro. Naturalmente. A figura de Ivan Karamazov é elegante, genuína e corresponde aos grandes ideais do iluminismo clássico. Continue lendo…

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑