A dor para além da dor: o sofrimento como criador de vínculos políticos

Heribaldo Maia, Graduando em História UFPE

No Brasil a crise, não o progresso, se tornou ordem, e em nome dela se faz as maiores barbaridades. Com o golpe que alçou ao poder os setores mais antipopulares, um retrocesso na vida do povo que corrói as chances de vida de milhões ocorre de forma, agora, acelerada: é recorde de desemprego, milhões de pessoas sem moradia, perda de direitos históricos, desmonte do pouco que sobrou do patrimônio nacional, chantagem militar, apologia política do judiciário e extermínio de militantes.  Continue lendo “A dor para além da dor: o sofrimento como criador de vínculos políticos”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑